sábado, outubro 22, 2005

Olhaste-me nos olhos,

como se fosse a última vez que me irias ver. Fixaste os meus olhos e não disseste nada. Fiquei à espera de te ouvir, fiquei à espera de perceber o que iria acontecer a seguir. O que viria depois... Mas nada... Continuo sem saber.


Até hoje.

1 Comments:

Blogger Apocalipsys said...

Dar um tempo à paixão.
Dar um tempo aos pensamentos.
Dar um tempo às sentimentos.
Será que é bom dar um tempo.

23:53  

Enviar um comentário

<< Home